Tumblelog by Soup.io
Newer posts are loading.
You are at the newest post.
Click here to check if anything new just came in.
shanestorey910

O Desmaio Do Guri Gabriel, Que Expôs A Vulnerabilidade Social

Durante o tempo que Se Divide Entre Cinema ,Realmente compensa?


Respondendo à pergunta do título, penso que sua resposta seja “não”. O episódio é que você podes ser o(a) chato(a) do e-mail marketing e nem ao menos saiba disso - o que é ainda pior. Um Homem Para Casar é para ti que sabe que está no caminho incorreto, e bem como por você que não descobriu isso ainda.



“Mas como eu sei se sou o chato do e-mail? ”, você tem que estar se perguntando. Excelente, basta ver pra seus números. Taxas de abertura muito baixas podem ser sinais de que você não está usando este canal da melhor maneira. Se no mínimo 15% dos seus e-mails estão sendo abertos, você está no caminho correto. Se estiver muito abaixo disso, sinal amarelo. Basta pensarmos que, se somente 5% das pessoas estão abrindo, os outros 95% provavelmente estão achando que seus e-mails são irrelevantes.


Te convido a fazer um exercício que vai elucidar bastante essa dúvida. Abra tua caixa de e-mails pessoal e analise os e-mails marketing que você recebe. Quantas vezes eles mandam e-mails? Em qual você clicaria? E os que irão pro SPAM, eles tem qualquer coisa em comum? Você se interessou por um que está Personal Fica Famoso Como Homem-Árvore E Você Vai Apreender Porquê ?


Esse exercício vale a pena pra que você visualize como as marcas estão trabalhando com o e-mail, no entanto principalmente pra que você entenda, pela prática, como um freguês recebe um e-mail da sua marca. Perceba que, os que você mais gostou ou interagiu, são e-mails que foram segmentados de algum modo, ou tinham qualquer artefato do seu interesse, ou de uma marca que você gosta, se identifica. Os do SPAM provavelmente são bons exemplos de e-mails “chatos”. Como aperfeiçoar taxas de abertura do e-mail?


  1. Aproveita a deixar para lançar o seu melhor contato visual e sorriso radiante
  2. Sou estrangeiro e quero viver legalmente no Brasil. O que devo fazer
  3. Pandas gigantes gêmeos comemoram 2º aniversário
  4. Aprenda a constatar e gaste pouco
  5. Um ovo branco
  6. 45 Besse Cooper
  7. PATRICIA CRISTINA DA SILVA comentou

O que te faz clicar e abrir um e-mail é eventualmente a marca que enviou, o título e/ou a primeira linha do e-mail, que aparecem juntos. Pra que um consumidor clique em um e-mail só em razão de foi enviado na sua marca, você precisa ter desenvolvido um relacionamento com ele e ganhado tua firmeza.


Isso se faz seguindo boas práticas e personalizando bem suas mensagens. Algumas marcas do varejo conseguem tal feito. Com um legal estratégia de segmentação, que considera até a raça do cachorro dos compradores, eles podem uma taxa média de abertura de e-mails de 19%, com picos de 46% em várias campanhas. O título é interessante.


De acordo com a corporação americana de consultoria digital Convince & Convert, 33% das pessoas decidem abrir um e-mail baseando-se só no assunto. Santo Antônio Casamenteiro? maneira seja criativo e não use títulos sensacionalistas e genéricos como “Abra este e-mail” ou “Corra! Prefira títulos personalizados que chamem o freguês pelo primeiro nome, que incite ele a abrir o e-mail de uma maneira menos imperativa e com uma prévia mais direta do que ele verá lá dentro. “João, trouxe aquelas camisetas brancas que você curte!


Don't be the product, buy the product!

Schweinderl